MUDAMOS!

Estamos agora no novo blog que reúne os melhores escritos de Sinuhe Daniel Preto! Clique aqui e conheça!

segunda-feira, 26 de dezembro de 2011

Et cetera e Natal!

O homem, não lhe ponho nome , porque faz questão de ser anônimo, aliás é ninguém perante o mundo social moderno,não faz parte do censo se é que haja senso, o homem,que poderia ser o " bicho " de Manuel Bandeira passa nas ruas e recolhe e colhe os recicláveis,na última segunda,passou e desejei-lhe : " Feliz Natal " ao que ele respondeu "Espero que seja! "

Fiquei pensando se o Natal, o dia, claro, a época, o comércio, o presente, o Papai Noel , e as outras coisas mais, os "eteceteras " são mesmo felizes!

Voltei à minha infância e relembrei alguns natais, um em que Santo Vicentin vestiu-se de Papai Noel trouxe uma espada e um avião,a arma e a alma,como fui,como fomos felizes,Carlão Vicentin,seu filho, e eu. O Papai Noel é o homem das interjeições. entristece com o que vê,lamenta o que ouve, abraça o outrem que não é ninguém querendo presenteá-lo como alguém!

Às vezes, esperei o " bom velhinho " e ele não apareceu, chamei-lhe Padrasto Noel ! Colocar sapatinho na janela, só tinha um, e se me levam o calçado?

E " Amigo Secreto " na escola, compra-se um presente que você se daria para se fazer feliz e ganha-se um estojo de madeira? Ou uma colônia para barbear-se ainda imberbe?

E matar animais? Destroncar galinhas? Decepar carneiros e cabritos? Sacrificar o porco? Quem é mesmo que tem " Espírito de Porco"? Leia " Criaram-me a carne " de Machado de Assis.


A espera, o compasso de espera, pede-se uma bola e ganha-se um revólver ou uma caneta,odiava o Natal! Decepção tão igual de onde você veio é metáfora com Papai Noel não existe!

E as músicas natalinas,lembram naftalina, teclados acelerados, papais noéis de época e lá vem a Simone: " Então. é Natal... " que pior tradução do Natal, mas a maioria canta e acha que encanta, acho que espanta!

As crianças não têm nada com isso, como é bom ser criança, que ótimo se todo presente fosse um livro! A criança quer brincar, brincar é criar vínculo, quiçá como as crianças do Colégio Plínio Ferraz e não Luiz Braga como disse no artigo " Mulher, hoje tô de Chico ", os efebos do coral do maestro Thiago Ortigosa cantaram João e Maria, que hoje seria uma dupla sertaneja,mas que graças a Deus, o cara, é uma canção de Chico Buarque e Sivuca e não uma utopia!

O Natal traz coisas como Xuxa que ainda teima em ser só para " baixinhos " e sua conta bancária é altinha e ainda há seres que creem que ela educa, já ouviram falar em TV Cultura? Existe novela na TV Cultura? Dengue ,hoje é uma doença, Praga? Chora por um líder, Paquita hoje é vídeo na rede social, o Natal da Xuxa acabou , seja você, abrace um amigo e não a mídia podre de uma ex-modelo fora dos moldes!

O Natal é triste, é a chaminé que hoje polui, o Papai Noel que deveria passar por Pilates, as renas que reclamam na Diversidade, os presentes não são difíceis ,estão `a venda na internet! O que é o Natal?

Para mim, o Natal não era, passou a ser depois do nascimento dos meus filhos,quando o mais velho vestiu-se de Papai Noel, ,segundo muitos alguns, produto de um refrigerante que o fez mudar de roupa e de cor, e trouxe a nós, os velhos, a música chata e triste dos arranhados teclados ou até da Xuxa ou dos discos , " bolachões " que viraram cds!

O único Natal é a família,não é o Roberto Carlos, não é a Missa do Galo,tem até a do Machado de Assis, o Natal é você abraçar a família, é tentar entender que o mundo para, que o champanhe ou espumante comemora a sua vitória, os demais," et cetera " esperam o nada do tudo ou o tudo do nada, e você para para pensar que Natal é feliz, o Feliz Natal?

Deseje com desejo , o abraço deve ser laço, a mensagem, coragem, a família , o laço, o abraço, a coragem e o Natal, creio que seja o Cristo,não a tristeza,mas a " Cristeza " , o homem a sofrer pelo outro! Feliz Natal!

Que em 2012, aquele homem nunca mais passe a pedir recicláveis na minha casa, pois está trabalhando, Papai Noel deu-lhe um emprego. que as crianças nos permeiem, criaturas de paz capaz,presentes, a quem perguntaremos: " O que você quer de presente? " E a criança responderá : " o futuro! " Feliz Natal! Renascer é preciso, viver também é preciso!

Nenhum comentário:

Postar um comentário